A Cabana Vermelha

por tcapistrano

Quando o sol batia na cabana vermelha, o corpo dela ficava rosa na imagem nítida da câmera do celular, e aos meus olhos, brilhante, magnifico.
Suas unhas naturais tinham um brilho cativante que guiavam meus olhos para onde fossem. Nunca pensei que seria domada assim. Em minha mente brotavam xingamentos e declarações de amor, e eu me sentia confusa.
Ela vestia um vestido branco, o qual precisei tirar, pois aquele ventre curvo colorido pelas cores da cabana precisava ser visto. E aquela flor vermelha sorrindo para mim, que fora descoberta sem querer já que não vestia nada além daquele vestido branco, me surpreendera como um animal sendo capturado por trás numa fuga.
Senti minha vida se esvaindo, sendo transferida de mim para ela em raios de luz, em ondas vermelhas.

Anúncios